terça-feira

É que já não se pode

Ai Gasparzinho despediu-se, ai o Portas bateu com a porta, ai Cristas está escrever a carta, ai fulano, ai sicrano, ai eles e ai nós caramba. Assim que meti benditas patas na vida online, torrentes de post e comentários sobre o desmoronar de tal governo que na volta nunca funcionou às direitas. Agora reclamam porque Senhor Passos Coelhos não caí, pois então havia de cair? Quem o ganha afinal? Sois vós por acaso? Nem eu... Certo é que coligação já não é, não é verdade? Querem então novas eleições e balúrdios investidos nelas? Eu, que já voto, não sei se as quero. D. Sebastião em paz descansa e a esta terra não volta, a padeira parece-me a mim que também já se finou, nesta conjuntura hipotecámos os milagres e já nos cobraram, ah diabo. Sossegai, sossegai em paz, findei-vos antes da hora porque reforma nem para as chiclas dos netos vão dar.
Sabem que nos vale? Seguir em frente e ver os chutos que muita gente dá a estes senhores... Somos capazes, ai somos, deixemo-nos é de mariquices e de nos passear à frente de coisas giras.
 
Image Hosted by ImageShack.us
 

Sem comentários:

Enviar um comentário