quinta-feira

És mesmo pirosinha Maria

Mas o que é que querem? Sou mesmo pirosona, e decidi apresentar a minha criatura à Blogosfera. Pois bem, podia meter aqui uma foto assim escarrada: "Olhem o meu cão lindo e fofo", mas não, já que estava há um porradão de horas sem dormir, decidi andar a ver estas bodegas de editores onlines (bodegas como quem diz que eu até gostei) e foto puxa foto e aqui está. Ora então o meu cão não é um cão qualquer, não é um rottweiller como toda a gente diz ser pela pinta, é só da parte da mãe, pois o pai era um labrador tão sossegadõ, tão sossegado que saltou um muro de quase dois metros para ir dar umas beijocas lá à bicha. Vá lá ver, saiu assim uma espécie esquisita que faz um rio de baba (onde se deve usar obrigatoriamente galochas) ao ver qualquer coisa que contenha cereais (bolachas, pão, chocapics) e fruta, adoooooooooooora fruta. Anda à caça das pombas à noite, fica de vigia e lá dá uma dentada. Tem medo do aspirador e corre atrás de gatos. Melhor que isso dorme como se vê na imagem e é portector o sufuciente. Em suma, depois do susto todos gostam dele.
Ah, chama-se Freud (quem conhece diz o mesmo "tudo a ver").

Sem comentários:

Enviar um comentário