sexta-feira

é a isto que me sabes

que tortura essa
decadente no meu coração
que desamor desatino
que me deixas na mão
não tem, fuga, não é latino
é descompassado
lento mas saboroso
trago-o no bolso do lado errado
para não trazer a alma em alvoroço

1 comentário: