domingo

Á quarta é de vez

A primeira vez que te amei durou muito pouco tempo, o tempo de um pequeno abraço, a segunda vez foi quando me encostei no teu ombro, durou milésimos de segundo, a terceira juro que durou o tempo entre uma troca de olhares e um sorriso, a quarta foi para sempre.


Sem comentários:

Enviar um comentário