sábado

Deixei na tua carteira (se é que tens) para leres quando acordares (ou quando eu te convencer a vir ter comigo)

Hoje seria um bom dia para me comprares um grande "coiso" de algodão doce. Tudo menos farturas, porque ontem caíram-me muito mal. E hoje também será um bom dia para te dar um grande abraço, (e quase me senti tentada a dizer: e para conhecer os teus pais caso eles venham, mas não me sinto com capacidades para tal)

De mim, que vou de rastos atada numa corda à boleia no tractor da câmara (isto foi pela piada)

Sem comentários:

Enviar um comentário