segunda-feira

a carta a quem me deu a minha memória favorita- a carta que a Inenenenes escolheu

Olá a todos os meus queridos e queridas,
Vim falar de memórias, vim sim, vim falar de vocês. Eu juro que teria uma carta para escrever a cada um de vocês, daquelas enormes, que riem mais do que falam, com pormenores enormes, e com uma data de momentos únicos e lugares inexplicáveis, teria sim. Mas como não podemos abusar, falo eu de uma maneira geral, e escrevo-vos sobre todos os dias, todas as piadas secas que se contam, todos os minutos (mal) contados, todos os jogos, todas as brincadeiras, todas as chapadas, todas as vitórias, todos os milagres ou más notas, todo o tudo. Esta carta não poderia ser para mais ninguém senão para vocês. Com vocês refiro-me a amigos do peito, sejam colegas de turma, de escola, de Internet, ou família, seja o namorado, ou o primo, até mesmo o vizinho. vocês, pessoas que se cruzaram comigo em qualquer rua a qualquer lugar e acompanharam-me no restante caminho, vocês que marcam, marcaram e marcarão sempre pela positiva. São vocês que me dão as melhores memórias desde o primeiro dia do resto da minha vida.
A vocês, um obrigado memorável, um beijo da coleccionadora de memórias

Sem comentários:

Enviar um comentário